Um olhar digital na sua carga

Compártelo con tu red

O Diretor e Fundador da OJO, João Paulo Rigueiral, compartilha uma solução para otimizar a operação e gestão de transporte ajudando a reduzir custos.Uma entrevista da TodoLOGÍSTICA NEWS 

Para quem ainda não te conhece, quem é João Paulo Rigueiral?

Sou um cara simples que ama a família e ama o que faz! Trabalho com logística há quase 20 anos, e sempre na minha carreira tento fazer diferente melhorando o “como” fazer as coisas por onde passei. Sou um entusiasta da tecnologia aplicada à logística e tudo começou há cerca de 10 anos atrás quando surgiram as primeiras ideias de digitalizar o processo de contratação dos caminhoneiros – quando ainda não havia tanta tecnologia disponível e tudo parecia utopia. Mas há 3 anos com a tecnologia muito mais desenvolvida e disseminada, começamos a desenvolver o OJO com o intuito de democratizar e disseminar a inovação no ecossistema logístico.

Qual é a solução da OJO e como ela pode colaborar com os industriais donos da carga do Brasil?

Vivi na pele durante muitos anos a dificuldade dos processos em indústrias que precisam fazer cotação de frete rodoviário, contratar e ofertar estes fretes para transportadores, quando um caminhão sai para entrega e você precisa saber onde sua carga está exatamente para posicionar um cliente que está questionando se a carga dele vai ou não chegar a tempo. Tudo isso é muito desgastante e toma muito tempo do profissional. E infelizmente, na maioria das vezes estes profissionais já estão acostumados e se adaptaram a isso e não sabem que toda essa rotina maluca pode ser feito de forma otimizada e digital com o intuito de direcionar seus esforços para atividades que realmente trazem benefícios para a indústria, como por exemplo estudar os fluxos logísticos para conseguir entender melhor a logística e reduzir custos de frete, desenvolver parcerias estratégicas com fluxos casados, desenvolver novos fornecedores de transporte, e muitas outras atividades que exigirão mais em inteligência e estratégia e menos em operação. A solução OJO tem justamente este propósito, otimizar a operação e gestão de transporte ajudando a reduzir custos.

Qual é a sua projeção em relação ao gerenciamento das operações logísticas nos próximos anos?
Acredito muito que com a velocidade que estamos na integração da cadeia de transporte e a digitalização do ecossistema logístico propiciando informações transparentes e consistentes em tempo real, não só o gerenciamento mas também a operação logística deve passar a um patamar onde a intervenção humana deve reduzir drasticamente no setor nos próximos 5 ou 10 anos. Nós da OJO particularmente estamos trilhando este caminho para que com a tecnologia possamos melhorar o dia a dia de quem gerencia e opera logística. E vejo este como um caminho sem volta. Assim como a grande indústria já se automatizou e opera basicamente de forma autônoma, a logística está indo no mesmo caminho. Os profissionais de logística vão passar a pensar mais e operar menos, e tudo isso de forma a alavancar a excelência operacional logística.

Conheça mais o OJO em: www.ojo.com.br o no LinkedIn: @plataformaojo (https://www.linkedin.com/company/plataformaojo/)

close

SUSCRÍBETE

¡Se parte de la
comunidad de
TodoLOGISTICA !


Compártelo con tu red

Deja una respuesta

Translate (traduzir) »